{name}
30/03/2020 - Por Heloísa Sousa
[Na contemporaneidade, os corpos entram em colapso...]

Em “Por onde andam os porcos”, a coreógrafa Kildery Iara, radicada em Recife, propõe uma obra em dança que dialoga com as urgências desta linguagem na contemporaneidade, ao mesmo tempo em que corrobora com iniciativas que…

Leia mais...